Espanhol Inglês Português

Anomalias congênitas

Aplicativo Interativo

Membros Curtos e Desproporção Corporal » Geral Q77.-

Definição:

Inclui todo recém-nascido, vivo ou morto, com membros curtos, desproporção entre tronco e membros e/ou estreitamento torácico e/ou porque parece ser uma displasia esquelética por qualquer outro motivo.
Anotações:
Apesar que a CID10 oferece vários códigos específicos por tipo de displasia esquelética, recomenda-se codificar todos os casos neonatais na categoria mais genérica Q77.-: "Osteocondrodisplasia com anomalias de crescimento dos ossos longos e da coluna vertebral" devido ã complexidade do diagnóstico ao nascimento. Ainda mais, um diagnóstico aparentemente específico, como Q78.0 para Osteogênese imperfeita (Fragilidade óssea| Osteopsatirose) na verdade não constitui um diagnóstico etiológico dado que atualmente reconhecem-se muitos tipos etiológicos de Osteogênese imperfeita.
O diagnóstico preciso é radiológico e feito por especialista.em displasia esquelética, não
necessariamente um radiologista.
A ultrassonografía, assim como outras técnicas de imagens, pouco ou nada ajuda no diagnóstico preciso.
MEMBROS CURTOS E DESPROPORÇÃO CORPORAL ao nascimento leva à suspeita de displasia esquelética e a preocupação imediata deve ser a de obter uma radiografia de corpo inteiro de frente e outra de perfil para documentar o paciente devido a sua alta mortalidade perinatal. Posteriormente, essa simples documentação permitirá realizar as consultas necessárias para estabelecer um diagnóstico do tipo etiológico da displasia, do qual depende o risco para futuros filhos. Isto justifica todo esforço para precisar o diagnóstico ainda quando o paciente esteja morto.

Anotações:

Imagens:

Imagem 1. 12 Fotos de 12 casos de recém nascidos com membros curtos e desproporção corporal de diversos tipos de displasia esquelética.

Imagens