Espanhol Inglês Português

Anomalias congênitas

Aplicativo Interativo

Outras malformações congênitas especificadas da face e pescoço » Geral Q18.8

Definição:

Seio, Cisto, ou Fístula Mediana da Face e do Pescoço:
Defeitos bhanchiais.
Fendas Cranio-Faciais Atípicas:
Fendas cranio-faciais atípicas u oblícuas o de Tessier: Fendas de partes moles e ósseas que podem não se corresponder com pontos ou linhas de fussão dos processos crânio-faciais, constituindo absurdos dis-embriológicos.
Asimetria Facial COM Defeito Estrutural:
Assimetria facial COM defeito estrutural subjacente.
Anotações:
Seio, Cisto, ou Fístula Mediana da Face e do Pescoço:
Seriam restos dos fendas branquiais
Sim código CID10 específico, codifica-se como OUTRAS ANOMALIAS DO PESCOÇO [ Q18.8].
Fendas Crânio-Faciais Atípicas:
Fotos e textos do Prof.Antonio Richieri Costa.
Asimetria Facial COM Defeito Estrutural:
A CID10 carece de código específico e a codifica como:
Outras malformações congênitas especificadas da face e do pescoço [Q18.8].
Imagens:
Imagem 1
1. Seio cervical anterior
2 e 3. Fenda cervical anterior
Imagem 5
Esquema das fendas de Tesier segundo trajeto nos tecidos mole e ósseo.
Imagem 6
A numeração dos pacientes vai de esquerda à direita e superior a inferior de 1 a 20.
1. Paciente 1 com fenda número zero com holoprosencefalia.
2 e 3. Pacientes 2 y 3 com fenda número zero com displasia fronto-nasal.
4. Paciente 4 com fenda número 4 mais encefalocele dorso-nasal.
5. Paciente 5 com fenda número 2 sem outras anormalidades.
6. Paciente 6 com fenda tipo 3 ou naso-oro-ocular (possível etiologia por bridas constritivas).
7. Paciente 7 com fenda número 4 ou fenda oro-ocular ( possível etiologia por bridas constritivas).
8. Paciente 8 com fenda número 5 ( possível etiologia por bridas constritivas).
9. Paciente 9 com fenda tipo 6 ( possível etiologia por bridas constritivas).
10. Paciente 10 com fenda número 7 (espectro oculo-auriculo-vertebral).
11. Paciente 11 com fenda número 8 (Síndrome de Treacher Collins - disostose mandibulo-facial).
12. Paciente 12 com fenda número 9 na borda superior do canto externo da órbita esquerda ( provável etiologia por bridas constritivas).
13. Paciente 13 com fenda tipo 10 com compromisso medial na parte superior de ambas orbitas (provável etiologia por bridas constritivas).).
14. Paciente 14 com fenda número 11 com afastamento do canto da orbita esquerda e falha ossea na porção medio dorsal da orbita esquerda.
15. Paciente 15 com fenda oral de grande extensão ou fenda tipo 12, com extensão obliqua em direção rostal que compromete a órbita direita.
16. Paciente 16 com duas falhas medianas frontais associadas à fenda tipo 2 que pode se chamar de fenda tipo 13.
17. Paciente 17 com fenda número zero associada a fenda mediana número 14 que compromete a região frontal.
18 y 19. Pacientes 18 y 19 com fenda número 30 na línea media mandibular.
20. Figura número 20 imagem oral da fenda tipo 30.
Imagem 7
1 caso de assimetria facial por microssomia hemifacial.

Anotações:

Imagens:

Imagens